3.7.10

Amor e medo andam juntos.

Quando paro pra pensar, olhos as pessoas á minha volta e percebo o quanto temos menos da vida, sem ao menos temos vivido. O quanto precisamos de amor, mesmo nunca termos amado. O medo é uma vontade não realizada. E o amor, é um sentimento insaciável. Uma espécie de necessidade que todos nós temos. O medo nasce com a gente, e o amor também. Mas a diferença é que temos que aprender que o medo nem sempre é algo normal. E a perceber a importância do amor e nunca deixá-lo, literalmente. O medo nos faz fracos, e ao mesmo tempo corajosos. Acredito que sentir medo é ter coragem. Enfrentamos o medo e com o tic tac do relógio, o perdemos. E isso é viver. Já amar é flutuar em um céu infinito, e não saber onde se vau chegar. O amor se revela em nosso olhar, isso já faz parte do nosso ser, da nossa vida. É assim, se perca, tendo medo de não se encontrar. E se encontre sem medo de se amar.

2 comentários:

Giovanna disse...

quer viver? Não tenha medo do AMOR, lute contra esse sentimento que te impede de ir.

mariiina disse...

O medo da coragem pra ir em frente, e o amor... O amor se encontra a seguir.