1.3.11

Era uma vez...


Era uma vez uma menina que sabia o que queria. Mas, infelizmente não sabia o que sentir. Vivia em seus sonhos rodeada de encantos e poesia. Queria escrever. Queria se encontrar. Queria saber o que pensar do futuro. Mas o futuro estava tão confuso que ela consequentemente escolheu viver. Viveu alegrias, viveu a paz. Seu mundo era perfeito, até o momento em que ela acordava e percebia que não se pode viver apenas de sonhos. Foi então, que ela resolveu realizar. Seu mundo estava mais próximo da realidade. Mas a sua realidade era diferente de todos ao seu redor. Ela sonhava. E mesmo diante de tanta dor…continuava sonhando. Consertava o mundo do seu jeito, vivia além da perfeição, que aqueles ao seu redor, não enxergavam. Todos tentavam a fazer acordar: “Acorda pequena menina! A vida não é assim. Pare de se iludir.” E era nesses momentos que ela acreditava mais ainda nos seus sonhos. Aquela pequena menina, virou pequena mulher. E sua mente, ainda era do mesmo jeito que antes, a única diferença, era que ela parecia mais doce. Parecia mais madura. Madura o suficiente para sorrir diante de cada tropeço. Ela era um doce, parecia que tinha sido criada “à medida”, cada ingrediente na medida certa. Para a fazer tão pura, tão doce, e tão vivida assim. Parecia que havia vivido seus maiores pesadelos, mas quem a julgava dizia que ela era feita de sonhos. Ela acreditava que era apenas um dom. Poucos esses que o conheciam. A menina foi crescendo, mergulhada em seus encantos, vivia cada dia como se tudo fosse um conto de fadas. Tranquila, porém, atenta. Sonhadora, porém, realista. Alegre, porém, vivida. Ah, essa pequena menina-mulher não é tão velha, não é tão nova. Parecia que usava algum tipo de poção de rejuvelecimento. Que nada! Seu único segredo era viver. Era uma vez uma pequena menina-mulher que cresceu, continua crescendo, vive em sonhos, e que apesar de não conseguir adivinhar o futuro, acredita que de tanto sonhar, um dia tudo isso irá se tornar realidade.

11 comentários:

: disse...

belíssimo post :]], http://amandabaracho.blogspot.com/.

Gabriela Lauriano disse...

Que lindo seu texto.
Eu sempre venho aqui, adoro ler tudo que você escreve.
Acho que passa muita verdade, e gosto de textos assim.
Um beijo ;*
http://truthsofaheart.blogspot.com

Julie Campos disse...

Lindo. *-*

Sabrina. disse...

Muito lindo, você escreve super bem. Parabéns :)
Se quiser dar uma olhada no meu ^^
Beijos.
http://memoriesremainastimegoeson.blogspot.com/

Amanda Lemos disse...

Muito interessante o blog !
Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir...;

www.bolgdoano.blogspot.com

Muito Obrigada, desde já !

Sara R. Carneiro disse...

Eita, como eu não encontrei esse blog antes? É absolutamente encantador. Esse post ficou belíssimo, parabéns.
Bom, encontrei teu blog por acaso mas não é por acaso que tem selinho pra ti no meu blog *-*
http://sara-rsc.blogspot.com/p/selos.html
Com muito carinho (:
Você merece! Beijo.

Pâm Lobo disse...

"ra uma vez uma pequena menina-mulher que cresceu, continua crescendo, vive em sonhos, e que apesar de não conseguir adivinhar o futuro, acredita que de tanto sonhar, um dia tudo isso irá se tornar realidade." Nossa, achei essa frase a mais profunda. Foi uma ótima escolha para o desfecho desse texto! Ah, tem meme para você no meu novo blog!

Beijos :*

htp://pamlobo.blogspot.com/

PooKie disse...

Nossa que texto belíssimo você escreve muito continue assim.

Se quiser dar uma olhada no meu:

http://withbrokensmile.blogspot.com/

Milena disse...

Lindo o texto *-*
Por encrivel que pareça eu sei e já senti tudo o que está descrito nesse texto,me encontrei por aqui,e adorei o blog!Da uma olhada no meu?é esse: milena-dk.blogspot.com

Beijos;*

P* disse...

Gostei muito. . .me segue..tenho muitas histórias escritas por mim, textos, moda ee muito mais :)

http://p-liveorexist.blogspot.pt/

P* disse...

Gostei muito. . .me segue..tenho muitas histórias escritas por mim, textos, moda ee muito mais :)

http://p-liveorexist.blogspot.pt/