4.2.11

Sensações inconsequëntes.




As formas que temos de demonstrar nossos sentimentos acabam nos prendendo em coisas irreais e flutuamos por aí sem rumo. Como se estivéssemos em um lugar sem saber o porquê de estarmos lá. Como se sobrevivessemos sem saber para que. Estamos aqui. Estamos vivendo, e essa coisa que chamamos de vida, vezenquando consegue nos fazer cegos. Quem dera se conseguíssemos enxergar tudo que está bem na nossa cara. Mas a vida é assim. Ela nos engana. E acabamos sobrevivendo em um mundo virado. Definitivamente, em um mundo de ponta cabeça. Mas o bom disso tudo, é a brisa leve que o vento nos tráz nesses momentos, que literalmente nos jogamos e nos sentimos fora desse mundo cheio de merda que acabamos criando. Existem muitas formas de se viver, e nunca se é a correta. Pudera eu escolher sempre a opção certa em momentos equívocos. Não gosto de me iludir. Mas de certa forma, eu gosto de sonhar. No fim de tudo, você vai perceber que as sensações de perdição que sentimentos, não tem consequência nenhuma. Apenas de nos fazer perceber, e colocar logo dentro de nossas mentes, que estamos aqui pra viver. E não apenas andarmos por aí para vermos cada oportunidade sumir como o vento.

7 comentários:

Iasmin Morais disse...

É, a vida nos engana mesmo, ela nos faz passar por cada situação e sentir tantas sensações .. lindo texto!


tem selinho pra você no meu blog :D
http://insensattocoracao.blogspot.com/p/selinhos.html

aline disse...

eu acho que no final, todo mundo gosta de uma ilusão barata, sabe?
acho que é a nossa forma de existir, não sei.

aqui não é um pouco doce, aqui é pura doçura. cativante.

Sofia disse...

um selinho pra voce no meu blog.

Aym disse...

adorei o texto, concordo com muitas coisas presentes nele.
=D
belo canto.
beijos
boa semana

Lyne ' Garotinha disse...

Parabéns pelo Blog ,

estou te seguindo , beijos


http://lynegarotinha.blogspot.com/

Marcela disse...

"Perder-se também é caminhos"

Marcela disse...

"Perder-se também é caminhos"