12.2.10

Não me negue um abraço

É como se todos estivessem sumidos e eu estivesse sozinha. Como se eu fosse de outro planeta, e falasse uma língua que ninguém entende. Mas eu sei que todos entendem só não querem entender do meu jeito. Eu vou pra sacada e vejo as coisas diferentes dos outros, eu sei disso. Assim como achei que iria pensar melhor nas coisas em SC, isso aqui tá me deixando me sentir mais sozinha ainda. Não sei como lidar com a solidão, queria um abraço. Queria o TEU abraço.

2 comentários:

Giovanna disse...

Eu também as vezes sinto que vejo coisas que as pessoas não veêm, é estranho. E se alguém lhe negou um abraço, olhe para seu lado, aposto que tem muitos outros querendo e precisando do teu abraço.

Thaís disse...

Abraço é sempre bom, né? Se for de uma pessoa especial, então..
Virei mais vezes no teu blog.