12.10.09

E hoje vejo o vento vazio e gelado penetrando sobre minha pele. Causando uma espécie de leveza em minha alma. As árvores se balançam voraz mente, hora parecendo felizes, hora tristes, hora furiosas. E me vem na cabeça cada lembrança do meu passado. Vejo que tudo valeu a pena. "Pena?!" palavra errada. Mesmo vendo que cada coisa que passou foi boa, e outras coisas ruins. Não me arrependo de nada do que fiz, e sim do que deixei de fazer. E hoje, o brilho do sol, o balanço das árvores poderiam não ter me dito nada. O vento gelado poderia ter feito eu fechar a janela rapidamente. Mas eu fiquei ali, parada, observando. E quando fechei os olhos imaginei cada momento que vivi, e pude ouvir um universo inteiro vibrando á minha volta. E só uma palavra pulsava em minha mente: continue.

5 comentários:

Leandro disse...

Texto muito bem escrito e interessante. Me fez refletir em algumas coisas. Parabéns

http://marcianosocial.zip.net

Nefferson Rill disse...

Escreve muito bem *-*

FabioZen disse...

Parabens!Olha, fazia tempo que não ouvia inacabável.Otimo blog!

Garota.admirável disse...

é eu parei pra pensar e vi que tbm tenho que fazer isso, continuar apesar de tudo.

Anna Carla disse...

Bonita descrição.