25.6.13

Adeus.


   Você morre por dentro, mas ninguém nota. Você faz de tudo pro vazio sumir, pra o vazio ser preenchido, mas nada consegue mudar a falta que te faz. Você tem certeza que o tempo vai curar a dor, mas não tem paciência pra esperar, então, você chora. Chora pela falta, chora por querer ouvir a sonoridade de um sorriso e não conseguir. Chora por querer aquele abraço mas não ter. Chora por querer olhar nos olhos, e não tê-los brilhando ao teu lado. Teu coração fica ferido. Você olha pro céu, e mesmo ele estando lindo, não tem mais motivos pra sorrir. E com tudo isso, com tanto sofrimento, você sabe que nada vai adiantar, porque não vai tê-lo de volta. Vai olhar pro lado e ele não vai estar lá. Vai estar sorrindo entre amigos e vai sentir falta DAQUELE sorriso único, aquele, que você amava. E por mais que doa, por mais que esteja vazio, seu interior tenta te dizer: “Acalme-se, vai passar. A vida é assim mesmo. Você perde o que sempre amou. Mas no fim, vai perder a si mesmo. Talvez demore. Mas você vai encontrá-lo de novo.” E por mais impaciente que você seja, o vazio vai demorar pra se curar, mas vai se curar. E mesmo sabendo que o perdeu, o tempo vai passar e você vai sorrir ao lembrar que o teve.

2 comentários:

http://odeclinardosonhos.blogspot.com disse...

E vai ficar somente uma doce e terna lembrança...assim nunca vamos esquecer...
muito lindo!!!
bjs
anacosta

Elisama Oliveira disse...

poxa, mas que blog lindo < 3