13.11.11

Adormeça.


Sinta seu sangue correndo nas veias. Porque você está prestes a não senti-lo nunca mais. Por mais que você negue, eu sei todos os seus males. Eu enxergo o mal no seu olhar. Todos podem tentar ajudar, mas sabem que de nada adianta. Sua situação não possui mais volta. Você está acabada. Seu corpo está se dilacerando por dentro. E você já sentiu tanta dor no passado, que agora a única coisa que a dor provoca são cócegas sob seu estômago. Seus olhos, eles não tem mais brilho. Só vejo raiva. Só vejo dor. Só vejo algo que nunca imaginei que você seria. Você acabou se perdendo mesmo estando no caminho certo. Eu sinto muito por você. Sinto pelos seus atos. E até sinto muito pela maneira como tudo isso está acabando. É. Não negue. Vai ser pior para você. Porque no fundo você sabe que tudo isso não tem volta. E que está no fim. Você sempre soube que nem todos os finais são felizes. E foi assim que você terminou. Sinto muito. A tragédia está prestes a começar. Ou terminar. Seu coração está pulsando cada vez mais fraco. Eu consigo sentir, digo, não posso mais nem sentir. Seu passado está sendo revivido em sua memória. Seus olhos estão se fechando. Tudo bem. Durma bem menina, sinto muito por ter feito você passar por tudo isso.

11 comentários:

Pâm Lobo disse...

Nossa, seu texto está maravilhoso, porém a raiva é um sentimento que só apodrece quem o sente né?

http://pamlobo.blogspot.com/

Rute Magalhães disse...

Adorei *

Carol Fernandes disse...

muito bonito teu texto, me identifiquei bastante. Essa dor só vai corroendo por dentro...

um cheiro!

Débora Brotto disse...

Ba, parabéns! Tu escreve muito bem!

Débora Brotto disse...

Dá para refletir bastante sobre isso...
"Você sempre soube que nem todos os finais são felizes." mesmo assim temos uma gota de esperança.

Marcela Brito disse...

Nossa profundo esse texto, muito bonito mesmo! Aliás seuu blog está encantador *--*
Estou seguindo vc ♥
http://simples-fato.blogspot.com

Rayanne Albuquerque disse...

Moça, controlar os sentimentos pode parecer difícil, mas com a escrita podemos canalizá-la melhor. Incrível texto.

Rayanne Albuquerque

Maíra Cintra disse...

Te descobri agora e me apaixonei por sua palavras. Estou te seguindo e te convidando para dar uma passadinha no meu blog.
mairacintra.blogspot.com

Extraordinária disse...

Tudo lindo por aqui. Estou seguindo ;))

Rachel Nunes disse...

Às vezes os olhos não vêem.

Amei o blog.
Beijos!

RAFAELA AMARAL disse...

Seu blog é demais, tu escreve muito bem, e em partes seu jeito de escrever parece muito com o meu!
To louca aqui lendo teus textos!

beijão, vou seguir

vem?
http://changingallchannels.blogspot.com/