23.6.10

Olhos de águia

O que tem por trás daqueles olhos? Algo inimaginável. Imagino a dor escondida entre o ser e o amar. A paz daqueles olhos me deixam em paz. As palavras fluem sem destino, como um pássaro selvagem. A alegria vem com a aurora da noite. E então o que será que aqueles olhos escondem? Um segredo que teme? Um amor proibido? A paz ou a guerra? Imagino algo que não consigo explicar. Imagino esses olhos, os seus olhos de encontro ao meu, e no mesmo momento meu corpo treme.

2 comentários:

Lara Oliveira. disse...

Escreve super bem, parabéns. E esse texto, nossa, me identifiquei totalmente! Se puder, dê uma passadinha no meu blog também http://memorias-escritas.blogspot.com/
. Beijos

Grasi disse...

"... no mesmo tempo meu corpo treme." Lindo isso!!
Bjão :)